Meio&Mensagem

Tecnologia e inspiração no break

Globo lança campanha com histórias de superação e terá caixa mágica na transmissão com telão 270°

Valeria Contado

Estúdio 270º será utilizado como um meio de ambientação e de aproximação (crédito: divulgação)

Com o adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio de 2020 para 2021 e todas as restrições causadas pela pandemia, inúmeros atletas tiveram que se reinventar para realizar os treinos em casa e se manter em forma à espera da competição. Por isso, o Grupo Globo investiu em campanhas que contassem essas histórias de superação, que serão trazidas pelas vozes dos narradores da casa.

Durante a programação do SporTV, um dos principais polos de transmissão, pílulas diárias com histórias olímpicas estão sendo exibidas nos intervalos comerciais. A grade de programas também já apresenta encontros olímpicos e heróis de conquistas brasileiras. Campanhas que transformam os jornalistas e esportistas do grupo em mangás, tradicional desenho típico da cultura japonesa, ajudam os espectadores a entrar no clima olímpico.

Assim como muitos dos atletas que competirão no Japão, a emissora precisou se reinventar. Para a cobertura, ao invés do seu tradicional estúdio in loco, os programas serão apresentados por meio de uma caixa mágica, no Brasil. O estúdio oficial contará com telões de LED que reproduzirão imagens ao vivo de Tóquio. “Com uma perspectiva de 270°, essa ‘caixa mágica’ vai gerar uma amplitude muito impactante, dando a impressão de que estamos na cidade sede do evento”, comenta Renato Ribeiro, diretor de conteúdo de esporte do grupo. O estúdio, no Rio de Janeiro, terá recursos tecnológicos como realidade virtual e quase 80 metros quadrados de telões de LED, além de três câmeras na sede dos jogos, transmitindo ao vivo imagens para este espaço.

Além disso, o Grupo Globo investiu na montagem de um time com 100 comentaristas, divididos entre atletas e ex-atletas. A equipe recebeu o reforço de nomes como Serginho e Bernardinho (vôlei), Janeth Arcain e Gustavo de Conti (basquete), Bob Burnquist (skate), Miguel Pupo e Alejo Muniz (surfe), Thiago Pereira e Joanna Maranhão (natação), Diego Hypólito (ginástica) e Fabiana Murer (atletismo)

Compartilhe

Publicidade
Publicidade

Patrocínio