Conteúdo no prime time do rádio

Tiago Cirqueira, gerente executivo de esporte na RBS, detalha os planos do grupo para Tóquio 2020

Valeria Contado

Gaúcha, GZH, Zero Hora, RBS TV e Diário Gaúcho serão os representantes do Grupo RBS nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. A cobertura da empresa de mídia no Japão terá como proposta aproximar a competição dos gaúchos e fomentar os esportes. As plataformas do grupo contarão com 100  profissionais que cobrirão na íntegra a competição, cinco deles diretamente do Japão.

Tiago Cirqueira, gerente executivo de esporte na RBS, explica que a missão da emissora é contar as histórias. Nas ondas do rádio, o grupo terá a narração ao vivo de esportes como futebol (masculino e feminino), vôlei e as principais competições nas quais o Brasil pode chegar a medalhas na Rádio Gaúcha.
Tiago explica que a RBS trabalhou muito no planejamento de conteúdo, para que a emissora pudesse levar o conteúdo mais completo para os ouvintes e assinantes.

“Temos que aproveitar a oportunidade de estar lá para trazer o conteúdo. As principais competições acontecem num horário premium para a rádio. O planejamento está muito minucioso com prioridades de competição a serem cobertas”, reforça.

Para a RBS, esse é um momento importante para o veículo contar as histórias do ponto de vista dos
repórteres que estarão em Tóquio. O grupo tem dois parceiros comerciais que farão parte da cobertura em vinhetas e outras inserções: Ciee RS e Tramontina.

“É o primeiro evento global depois do início da pandemia. Ao mesmo tempo que temos receio e
dúvidas, é importante estar presente nesse momento, para fazer o relato para que qualquer pessoa que estiver em casa acompanhando possa perceber que temos um amanhã para viver”, afirma Tiago.

Compartilhe

Publicidade
Publicidade

Patrocínio