Por Teresa Levin

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou o lançamento da plataforma digital Canal Olímpico. Ela será apresentada globalmente no dia 21 de agosto, logo após a Cerimônia de Encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A ideia é que o espaço divulgue o movimento olímpico e a força do esporte constantemente. A Bridgestone é a primeira sócia-fundadora do Canal Olímpico; a marca ampliou sua parceria com o COI até 2020.

A criação do Canal Olímpico tem como objetivo divulgar o movimento olímpico em tempo integral mas, principalmente, nos períodos entre os Jogos Olímpicos. O COI espera proporcionar, com esta iniciativa, uma plataforma para compartilhamento de seus ativos e arquivos patrimoniais com o mundo, criando conteúdo e um valor adicional para os registros do Comitê. Além disso, a entidade quer engajar gerações mais jovens ao redor do globo, usando sistemas que sejam relevantes para elas. A partir do seu lançamento, no próximo dia 21, o Canal Olímpico será uma plataforma digital, com conteúdo sob demanda disponível na web, celulares, tablets e outros dispositivos. O público também poderá acessar conteúdo e interagir por meio de uma variedade de canais nas mídia sociais como parte da rede do Canal Olímpico.

OlympicChannel
Canal Olímpico estreia neste domingo, 21 (Crédito: Reprodução)

Como sócio-fundadora, a Bridgestone terá um papel-chave em capacitar o desenvolvimento do Canal Olímpico. Inicialmente, a companhia apresentará o documentário “Contra Todas Dificuldades”. Em uma série de oito episódios, o projeto demonstrará a personificação do espírito olímpico ao acompanhar a trajetória de oito atletas. Cada capítulo de meia hora trará um relato em primeira pessoa dos momentos-chave da vida de cada um destes esportistas, como a força de vontade e determinação que ajudaram a superar adversidades e atingir os objetivos. O primeiro episódio da série vai estrear no 21 de agosto, junto com o lançamento do Canal Olímpico.

 

Bridgestone Canal Olímpico COI Comitê Olímpico Internacional