Por Mariana Stocco

Entrando no clima dos Jogos Olímpicos, a Lego desenvolveu uma maquete com quase um metro de altura, cerca de 20 m², mais de uma tonelada e meia e com 947 mil peças da cidade do Rio de Janeiro. A construção, que é a maior já realizada na América Latina, reproduz ícones da cidade-sede escolhidos em conjunto com a Prefeitura do Rio de Janeiro por meio da Empresa Olímpica Municipal.

É a primeira vez que uma construção desse tipo demandou esforços de três equipes de diferentes fábricas da Lego de forma simultânea, localizadas nos Estados Unidos, Dinamarca e República Checa. Foram necessárias mais de 50 pessoas no projeto, comandado pelos master builders Dan Steininger, Chris Steininger e Paul Chrzan.

A maquete ficará exposta no Porto Maravilha, dentro do Boulevard Olímpico, no período de 5 a 21 de agosto, e estará aberta ao público para visitação. Após o encerramento da Olimpíada, o modelo será doado pelo Grupo Lego à Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, que a encaminhará ao Museu da Cidade, no Parque da Cidade, na Gávea.

“A Lego, que promove valores como imaginação, criatividade, aprendizado e diversão, decidiu materializar tais valores em uma construção que será doada em prol de um evento que agrega ao local que o recebe tanto ativos tangíveis – ambiental, social, urbano e econômico – quanto intangíveis, como aumento do orgulho nacional e redescoberta dos bens culturais”, comenta Christian M. Petersen, presidente da Lego do Brasil.

Entre os ícones representados pela maquete estão Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Copacabana Palace, Calçadão de Copacabana, Arpoador, Lagoa Rodrigo de Freitas, Jardim Botânico e Floresta da Tijuca.

maquete-lego-3d-model-1-lg-74dcd46c

maquete-lego-3d-model-2-lg-2a82f7a4

Chris Steininger Dan Steininger Empresa Olímpica Municipal Lego Paul Chrzan Prefeitura do Rio de Janeiro